Notícias

Newtão solta o verbo: Aécio “na lama”, “Bolsonaro a Temer” e Adalclever governador

 

O ex-governador Newton Cardoso (MDB) aproveitou as comemorações de 52 anos do partido na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para lançar sua biografia. Com um perfil cada vez mais polêmico e sem papas na língua, Cardoso aproveitou os holofotes para disparar contra Aécio, Temer e o MDB nacional. Além disso, lançou o deputado estadual Adalclever Lopes, presidente da ALMG, como pré-candidato do MDB ao governo estadual.

O livro “Newton Cardoso: A Verdade por trás da Lenda – Uma Biografia do Mais Polêmico dos políticos mineiros” promete revelar os bastidores de sua vida pública. “Relata desde Juscelino Kubitschek até os nossos dias. Muitas verdades que o povo não sabe”, disse Newton.

O ex-governador criticou o MDB nacional e fez um desabafo. “Eu prefiro votar no (deputado federal) Jair Bolsonaro a votar no (presidente) Michel Temer. Agora, aqui, em Minas, não. Aqui, em Minas, está bom o MDB, tem um nome emergente. Chama-se Adalclever Lopes”

Newtão também fez duras críticas ao senador Aécio Neves, envolto em denúncias de corrupção envolvendo a JBS. “O Aécio Neves está podre, está caindo aos pedaços de podre. O Anastasia carregou um caixão pesado. (…)Ele está na lama, Aécio está na lama. Acabou. Você pensa que Aécio Neves tem alguma solução? Ele tem. Pela cadeia, mais nada”.

Clique aqui e confira a íntegra da entrevista de Newton Cardoso para o jornal O Tempo desta terça-feira (27/3).

 

Comentários

Comentários

Siga-nos no Twitter

© 2017 PODER EM FOCO