Notícias

Aécio Neves perde apoio no Senado

Mineiro sofreu até fogo amigo na votação sobre seu afastamento

Crédito Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado
 

O adiamento da votação que decidiria sobre o afastamento do senador Aécio Neves, na última terça-feira (3), evidenciou perda de apoio do tucano entre os seus pares. Foi o que apontou a matéria publicada pelo site Poder 360. Por 50 votos a 21, o Senado decidiu adiar a votação para o próximo dia 17 de outubro, sobre a decisão do afastamento do tucano. Segundo a análise feita pelo site, os votos pelo adiamento da votação são votos contrários ao tucano.

“Apenas 21 se dispuseram a enfrentar o STF (Supremo Tribunal Federal)”, apontou o site.  “Outros 50 optaram por aguardar o STF decidir sobre a legalidade do afastamento de congressistas”.

Nem mesmo senadores tucanos entregaram seus votos em favor de Aécio. Ricardo Ferraço (ES) e Eduardo Amorim (SE), por exemplo, votaram pelo adiamento da decisão.

Aécio foi afastado das atividades parlamentares pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), na semana passada, atendendo ao pedido feito pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O pedido de afastamento se baseou nas investigações feitas a partir da entrega de R$ 2 milhões feita por executivos da JBS a pedido do próprio senador. Toda a conversa entre o tucano e o empresário Joesley Batista foi gravada e a entrega do dinheiro, feita a um primo do senador, monitorada pela Polícia Federal.

A bancada do PMDB, que no dia contava com 20 dos seus 23 integrantes, integrou 14 votos pelo adiamento, ou seja, contra Aécio, e outros 5 em benefícios do mineiro. Entre peemedebistas que votaram em favor de Aécio, Romero Jucá (RR) e Renan Calheiros (AL). O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), só vota em caso de empate.

Outra verificação corrobora o mal momento do mineiro entre os seus pares. Dos 43 senadores que votaram, na semana passada, pela urgência da decisão sobre o seu afastamento, 23 optaram, na última votação, pelo adiamento da matéria. “Ou seja, cerca de 53% dos apoiadores de Aécio na 5ª mudaram de ideia sobre o caso em menos de uma semana”.

 

Comentários

Comentários

Siga-nos no Twitter

© 2017 PODER EM FOCO | desenvolvido por maxwellpas